Dispositivos de Saúde Mental e Políticas Públicas: proposta de um instrumento para avaliar a implementação dos Centros de Atenção Psicossocial

Trabalho publicado na Meta: Avaliação em 2019.
ABSTRACT
Com o objetivo de desenvolver instrumentos para avaliar a efetividade do processo de realização dos Centros de Atenção Psicossocial, essa pesquisa se apoiou em métodos qualitativos e quantitativos de investigação. Além disso, considerou-se a perspectiva relacionada ao modelo híbrido de análise de políticas públicas, com o intuito de abarcar a complexidade inerente ao campo da saúde mental. Inicialmente foi realizado um mapeamento das leis e diretrizes que orientam a implementação dos Centros de Atenção Psicossocial; posteriormente, foi realizada uma análise documental dos prontuários destes serviços e; a partir dos dados obtidos, foram realizados dois grupos focais. Os resultados advindos da aplicação dos instrumentos desenvolvidos para avaliação dos Centros de Atenção Psicossocial possibilitaram a produção de evidências de validade bem como uma análise geral sobre esses dispositivos. Estas apontaram que os serviços, possivelmente, não estão sendo executados de forma efetiva. Diferentemente de outros indicadores de efetividade, os instrumentos propostos possibilitaram a utilização de indicadores que compõem um leque de perspectivas que podem contribuir com a avaliação da efetivação dos Centros de Atenção Psicossocial no país.
KEYWORDS:
Políticas Públicas. Avaliação em Saúde. Serviços de Saúde Mental.

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *